Filiado a:

VACINA PARA TODOS, JÁ!

por | jun 9, 2021 | Destaque Home, Notícias | 0 Comentários

Nesta quarta-feira, 9 de junho, é comemorado no Brasil o Dia da Imunização. A data foi criada para chamar atenção da sociedade para a importância da vacinação, que, para além da proteção individual, atua como mecanismo determinante na contenção de transmissão de determinadas doenças infecciosas, diminuindo o número de internações, a mortandade, os gastos com medicamentos, reduzindo os casos da doença até a sua erradicação, como aconteceu no Brasil com a poliomielite e a varíola.

Na história recente do país nunca a imunização foi tão desejada e valorizada pela sociedade quanto agora, em tempos de pandemia de Covid-19, doença que assola nosso país, vitimando mais de 473 mil brasileiros e brasileiras. Segundo o Datafolha1, em pesquisa recente, 91% dos brasileiros pretendem se vacinar contra a Covid; poucos conseguiram até aqui.

Infelizmente, em razão de uma atuação política do governo federal – que negligenciou reiteradamente ofertas de vacinas2, que não colaborou com os Estados na formulação de uma agenda de enfrentamento da pandemia, que, na contramão da ciência, incentivou tratamento precoce, promoveu aglomerações, sucateou o SUS e reduziu o orçamento da ciência –, o desejo por vacina dos brasileiros ainda está longe de ser concretizado. O percentual da população que recebeu pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19 atingiu 23%, enquanto o número de pessoal com o ciclo completo de vacinação soma apenas 10,8% do total da população.

A política do governo Bolsonaro, escancarada diariamente na CPI da Covid, que foi omisso diante da oferta de venda de vacinas pelas mais variadas fornecedoras do mundo inteiro, especialmente dos 53 e-mails da Pfizer não respondidos, produz no Brasil um cenário devastador, que passará, para nosso lamento e indignação, do meio milhão de mortos nos próximos dias. Muitas mortes poderiam ser evitadas! A experiência em Serrana/SP mostrou para o Brasil que a pandemia poderia ter sido controlada com vacinação em massa. Não foi por uma decisão política, que ao invés de investir em vacinas, concentrou esforço na compra de hidroxicloroquina, comprovadamente ineficaz.

A vacinação precisa avançar! Cada dia de atraso custa mais vidas. Nosso país já foi referência em vacinação no mundo; é preciso voltar a ser. Com o governo negacionista que aí está essa meta parece ser impossível. Por isso o SINDJUD-PE encampa a luta: Vacina para Todos Já! Em defesa da ciência e do SUS.

No Brasil, existe um Calendário Nacional de Vacinações, instituído através do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Mesmo agora, diante de uma pandemia de Covid-19, não podemos deixar de lado outras patologias que ameaçam a saúde. É sabido que que a oferta de vacinas diminuiu durante esse desgoverno fascista, mas procure se informar no posto de saúde mais próximo de sua casa e cheque qual ou quais vacinas você precisa para se proteger e proteger a quem você ama. Não deixe de se vacinar!

Vacinação é um ato de resistência! VACINA PARA TODOS, JÁ!

SINDJUD-PE
Gestão Lutar e Vencer!