Filiado a:

SINDJUD-PE em matéria do site The Intercept Brasil sobre gastos do TJPE

por | jun 15, 2021 | SINDJUD na Mídia | 0 Comentários

Juízes de Pernambuco aumentam próprio auxílio-alimentação no estado com recorde de desemprego

Enquanto o país encara a pandemia de covid-19 e a fome, Tribunal de Justiça pernambucano reajusta auxílio-alimentação de R$ 1.068 para R$ 1.561,80 sobre salários que furam o teto.

Veja a matéria completa no link:
https://theintercept.com/2021/06/15/juizes-pernambuco-aumento-auxilio-alimentacao-pandemia-fome-desemprego/

“Os aumentos para os magistrados provocaram também insatisfação entre os servidores menos graduados do TJPE, que reclamam de salário defasado também por conta da inflação e a diferença entre o auxílio-alimentação pago para a categoria (R$ 900) e aquele agora autorizado pelo CNJ (R$ 1.561,80), que equivale a mais de um salário mínimo. O Sindicato dos Servidores do Judiciário de Pernambuco, o Sindjud/PE, organizou para esta quarta, 16, um protesto em frente ao edifício Paula Baptista, anexo do TJPE, centro do Recife. As diferenças salariais entre os cargos técnicos e magistrados são enormes, como se pode ver na folha de pagamento de maio deste ano. Segundo o presidente do sindicato, Alcides Campelo, existem 7 mil servidores no TJPE, a maioria técnicos jurídicos – a média salarial de todos é de R$ 5.478. Ele aponta outro auxílio, o de saúde, como farol da grande diferença salarial dentro do TJ: o de juízes e desembargadores vai de R$ 1.824,27 até R$ 2.127,73. O dos servidores, R$ 279,58 até R$ 1.669,31.”

O texto é da jornalista Fabiana Moraes.