Filiado a:

Paralisações: o Encerramento Definitivo só Depende do TJPE

por | set 19, 2018 | Uncategorized | 0 Comentários

É chegada a hora do TJPE mostrar que está realmente de portas abertas à negociação.

Os Servidores comprometeram-se em suspender as paralisações, considerando a possibilidade de um desfecho mais favorável em prol da categoria.

Em tempos democráticos e pelo espírito de conciliação próprio de uma instituição da justiça, não se espera outra coisa diferente de uma reabertura real das negociações.

Apresentar três propostas condicionadas a fatores incertos e/ou de terceiros (forçosamente após nosso grande ato político em passeata) não é negociar, mas impor uma situação com pouca liberdade de escolha e postergar todas as possibilidades para o ano de 2019 sem nenhuma garantia.

Esperamos que a diretoria do TJPE esteja, de fato, avaliando a nossa contraproposta, definida em assembleia com mais de 500 presentes.

O Servidores não aguentam mais a cobrança de metas sobre metas em um cenário de nenhuma valorização profissional. Não cumprem o mínimo que a nossa Lei Data Base diz: a reposição da inflação. O SINDJUD PE não tem controle sobre o sentimento dos Servidores nem pode garantir o retorno de uma boa produtividade enquanto a categoria se sentir acuada, explorada e desprestigiada por este Poder.

Queremos uma justiça célere, tanto quanto a sociedade, mas é preciso condições dignas de trabalho e valorização real daqueles que tanto se dedicam ao Poder Judiciário de Pernambuco.

A Diretoria

#NegociaTJPE #ValorizaçãoAlémDasMetas #BrinqueComIssoNão

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR A VERSÃO PDF