Foi aprovada hoje na Paraíba uma lei ( PLO 2309/20) que é uma afronta a todo(a) trabalhador(a) por vedar a liberação sindical de qualquer dirigente servidor do TJPB. Uma categoria forte necessita de um sindicato atuante e um sindicato só é atuante se houver condições práticas para a luta. A atividade sindical necessita de reuniões, estudos, mobilizações, atos de rua, contatos direto com a base etc. Vedar a liberação é uma forma covarde de não escutar o(a)s trabalhadore(a)s em seus pleitos.

Historicamente, o enfraquecimento dos sindicatos é a forma mais rápida de se assassinar direitos. Não há conquista sem lutas. Não há lutas sem sindicato forte. Esse desrespeito à liberdade sindical ofende a qualquer trabalhador(a). A perseguição sindical visa desvalorizar o valor do trabalho. Quanto menos luta, menos direitos, quanto menos direitos, mais o trabalhador (a) terá que se submeter a trabalhos degradantes e salários indignos.

O SINDJUDPE repudia a aprovação do PLO 2309/20 e se solidariza com os colegas paraibanos.

SINDJUD-PE
Gestão Fortalecer e Avançar!