Filiado a:

Não podemos esmorecer, a pandemia não acabou!

por | mar 25, 2021 | Destaque Home, Notícias | 0 Comentários

O Brasil passa pelo pior momento desde o início da pandemia; são mais de 300 mil mortes no período de pouco mais de um ano, podendo ter atingido a marca de mais de 410 mil mortes segundo pesquisas [1]. Na data de hoje, 25 de março de 2021, chegamos a 100.158 novos infectados pela Covid-19 nas últimas 24 horas [2], um recorde.

A observação desses números não pode se confundir com mera apresentação de gráficos e estatísticas, são vidas ceifadas. Poderíamos ter evitado a perda dessas vidas se houvesse uma coordenação nacional efetiva no combate à pandemia.

Perdemos 4 colegas pela COVID-19 e mais 2 com suspeita de SRAG-COVID e tivemos 471 infectados até a segunda quinzena de março. São os números oficiais da Secretaria de Gestão de Pessoas/TJPE, em que pode haver uma subnotificação.

Na data de hoje o Governador Paulo Câmara afirma que a quarentena “mais rígida” se estende apenas até o dia 31, e a partir do dia 1 de abril um novo plano de convivência com a COVID-19 terá início. Fica nítido que o Governador cedeu à pressão de grupos econômicos. Por um lado, a força econômica, por outro lado, a pressão social, diante da falta de uma assistência sólida.

Se o Governador não conseguiu seguir com uma quarentena mais rígida isso não quer dizer que o TJPE deva seguir o caminho de reabertura a atendimento presencial. Continuamos com números elevados, recordes de infectados e mortes. Não podemos negar nem menosprezar o que a doença pode causar.

Assim, o SINDJUD-PE defende que o TJPE estenda o trabalho remoto e não ceda a pressões. A vida é mais importante que as metas!

SINDJUD-PE
Gestão Lutar e Vencer!

_________________

1 Verificar: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-56529762
2 Conferir: https://www.gazetadopovo.com.br/republica/breves/brasil-covid-casos-mortes-25-03-2021/