Filiado a:

Jornada de Lutas SINDJUD-PE!

por | abr 13, 2021 | Destaque Home, Notícias | 0 Comentários

O discurso de austeridade imposto pelo pensamento ultraliberal coloca o “Estado mínimo” como um mantra a ser repetido e praticado. Parafraseando Darcy Ribeiro: a crise não é uma crise, é um projeto! O que significa que ela recai sempre aos trabalhadores. Para nós o discurso é de contenção de despesas, enquanto para os ricos nada de taxação das grandes fortunas, por exemplo.

Nesse projeto vale tudo para aumentar ainda mais a desigualdade social. Mais aos ricos e menos aos pobres. Desde o Consenso de Washington a receita é abertura para os países imperialistas “investirem”, melhor dizendo: explorarem os países ditos subdesenvolvidos, a exemplo do Brasil. Remessas de lucros saem todo ano do país rumo aos países centrais do capitalismo. Para abrir novas fábricas exigem sempre incentivos fiscais, o que significa menos impostos que poderiam ser redirecionados as políticas sociais.

Sob o tal “ajuste fiscal” e as supostas medidas que iriam melhorar a economia e reduzir o desemprego vieram a reforma da previdência; a Emenda Constitucional 95/2016, que congelou investimentos por 20 anos; reforma trabalhista; e, dentre outras medidas recentes, diga-se: granadas no bolso do(a) trabalhador(a) servidor(a) público(a), agora é a vez da bomba atômica em nossas vidas!

A proposta da chamada reforma administrativa (PEC 32/2020) é precarizar o serviço público, retirar a estabilidade dos servidores, dentre outros ataques. Na verdade, o que o Governo Bolsonaro e a maior parte do Congresso quer é facilitar o aparelhamento do Estado para fins particulares, a exemplo de esquemas de “rachadinhas”; funcionários “fantasmas”; nepotismo; em síntese: facilitar o patrimonialismo e a corrupção. Temos que lutar contra essa nefasta reforma!

A nível local, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) segue ignorando a reivindicação pelo justo auxílio suporte tecnológico, nem sequer aborda como pretende recompor as perdas inflacionárias, tampouco assume compromisso de quando vai retirar a exigência do mestrado para progressão, nem mesmo pagar os plantões, e de quando vai instituir o auxílio-saúde para todos e todas, isso para ficar em apenas algumas das pautas de reivindicações.

São muitas frentes de lutas, mas o SINDJUD-PE segue firme e forte para lutar em defesa da categoria, dos servidores em geral e de toda classe trabalhadora. É por isso que estamos organizando nossa JORNADA DE LUTAS. Acompanhe todas as atividades!

SINDJUD-PE
Gestão Lutar e Vencer!

Cronograma de atividades

DATA

HORA ATIVIDADE

14/04/21 Quarta

15h

Ato Político em defesa das condições de trabalho e remuneração

15/04/21 Quinta

19h

Live: Balanço da atuação no Comitê de Priorização do 1º Grau

16/04/21 Sexta

14h

Assembleia Geral Extraordinária de Campanha Salarial e luta contra a reforma administrativa

22/04/21
Quinta

19h

Live: Conjuntura em tela Ed.1: reforma administrativa com Prof. Paulo Rubem (UFPE) e assessor jurídico André Barreto

28/04/21 Quarta

14h

Assembleia Geral Extraordinária de eleição dos/as delegados/as Congresso Fenajud

01/05/21 Sábado

13h

Primeiro de Maio do SINDJUD-PE

06/05/201 Quinta

15h

Ato em Defesa do Serviço Público

20/05/21 Quinta

19h

Live: dia da pedagogia
27/05/21
Quinta
19h

Live: Conjuntura em tela Ed.2: Imposto sobre as Grandes Fortunas com Prof. Evilásio Salvador (UNB)