Filiado a:

8 de Março: Hoje não é dia de flor!

por | mar 8, 2021 | Destaque Home, Notícias | 0 Comentários

Hoje não é dia de flor, de parabéns vazio, de cesta de café de manhã, nem de promoção em salão de beleza. Também não é para nos perpetuarmos na condição de vítimas. Hoje é um dia para lembrar a luta de milhares de mulheres que vieram antes de nós e que fizeram história. O início do século XX foi marcado pela união das mulheres em várias partes do mundo, reivindicando direito a melhores condições de trabalho: se as condições de trabalho eram terríveis para todos, piores ainda para as mulheres, superexploradas em jornadas exaustivas e condições subumanas, muitas vezes junto com seus filhos. Houve passeatas de operárias de fábricas nos Estados Unidos e na Europa, que reuniram milhares de trabalhadoras; além de propostas, como a da socialista alemã Clara Zetkin, de criação de uma jornada de manifestações pelos direitos das operárias, na Segunda Conferência Internacional das Mulheres Socialistas.

Em 8 de março de 1917, na Rússia, ocorreu um grande protesto contra a fome e a Primeira Guerra Mundial capitaneado pelas operárias do país, o que deu início ao movimento que culminaria na Revolução Russa. Tal data comemorada, até hoje, como dia de celebração às “mulheres heroicas e trabalhadoras”, naquele país, e foi adotada pela ONU, desde 1975, como o Dia Internacional da Mulher.

No Brasil ainda se perpetua esse equívoco de associar a data às mulheres queimadas na fábrica, em mais uma tentativa de tirar nosso protagonismo histórico e nos colocar na condição de vítimas. Mais de 100 anos depois, buscam transformar o 8 de Março em uma data comercial para vender chocolate, flor, produtos de beleza e serviços afins, despolitizando a luta das mulheres pelo fim das desigualdades de direitos nos âmbitos trabalhista, jurídico, familiar, social e tantas outras que ainda persistem.

O Sindjud-PE se junta às mulheres trabalhadoras do TJPE e do mundo no combate por um mundo mais igual, mais justo e mais digno neste Dia Internacional da Mulher. Força e persistência na luta! Façamos outra revolução!

SINDJUD-PE
Gestão Lutar e Vencer!