No dia 17 de agosto o SINDJUD-PE realizou Ato Político “Nossas vidas não estão em jogo. A vida é mais importante que as metas!”, às 15h, em frente ao Palácio da Justiça. Além das faixas expostas, colocamos carro de som desde às 14h que propagou áudio cobrando que o TJPE revisse sua atitude, por fim os diretores fizeram intervenções.

Assim que tomamos conhecimento do Ato Conjunto Nº 22/2020 (DJE de 22/07/2020) emitimos uma nota de repúdio (confira aqui). Ademais, cobramos uma reunião, que se realizou no dia 31 de julho, do Grupo de Trabalho da Retomada.

Dessa maneira, como não houve resolução do caso na via do diálogo, o SINDJUD-PE ingressou com o Pedido de Providências no CNJ para resguardar os interesses dos servidores e de seus familiares, sempre com intuito de preservar, ao máximo, a saúde e a vida destes (leia a notícia aqui). Os servidores podem acompanhar o Pedido de Providências nº 0006420-50.2020.2.00.0000. O TJPE se pronunciou e nós entramos com uma “réplica”.

No dia 18 de agosto estivemos em reunião com o presidente do TJPE, que dentre outras pautas, cobramos a revisão desse Ato 22 (publicaremos notícia a parte com o que foi debatido nessa reunião).

O SINDJUD-PE também estará presente no 3º Seminário Nacional sobre a Saúde dos Magistrados e Servidores do Poder Judiciário (confira aqui), que se houver espaço irá cobrar que o CNJ atente para os cuidados na volta ao trabalho e os servidores em situação do grupo de risco.

E no dia de hoje (20/08/2020) participamos do Conselho de Representantes da FENAJUD, que foi um dos temais centrais a situação do trabalho na pandemia. E no dia 19 de setembro debateremos as condições de saúde e trabalho durante e pós pandemia.

A nossa luta continua! O SINDJUD-PE se mantém firme e atuante em defesa da vida dos servidores. A vida é mais importante que as metas!

SINDJUD-PE

Gestão Fortalecer e Avançar!