Hoje é 1º de maio, dia para relembrar nossa história como trabalhadores e trabalhadoras. Essa data foi palco de muitas lutas por direitos que se consolidaram pelo mundo.

Ele foi definido como o Dia Internacional dos Trabalhadores (as) por conta da greve promovida pelos operários das indústrias em Chicago, nos EUA, em maio de 1886, quando lutavam pelo estabelecimento da jornada de 8 horas de trabalho, aumento de salários, descanso semanal e férias.  Houve conflitos com a polícia, prisões, mortes e os principais líderes foram presos e cinco, dentre eles, foram condenados à morte.

Em 1889, em Paris, a Segunda Internacional, definiu o 1º de maio como principal data de organização das lutas dos trabalhadores (as). No Brasil ela foi instituída em 1925.

O SINDJUD-PE fez  este ano 30 anos de existência, sendo fundamental nas conquistas dos servidores do judiciário.

Orgulhamo-nos da luta dos trabalhadores (as), das conquistas ao longo da história, como também nos orgulhamos das lutas e das vitórias que conquistamos junto ao TJPE.

Fazemos um sindicato participativo e presente no dia a dia dos servidores e servidoras.

Vivemos um momento extremamente difícil do mundo e na vida de cada um de nós, por conta da pandemia do novo Coronavírus, Covid-19, que vem gerando uma série de mudança nos costumes, na economia e na vida das pessoas do Planeta.

O SINDJUD-PE desde o primeiro momento, quando ainda realizávamos a Assembleia em Arcoverde, em 12 de março, assumimos as orientações da OMS e MS, e, solicitamos ao TJPE para que tomassem todas as medidas possíveis para colocar em segurança os servidores e servidoras. Suspendemos as outras assembleias previstas, onde estávamos construindo a nossa pauta de negociações com o TJPE.

Infelizmente, em vez de negociações, o TJPE, publicou a Portaria Nº 13/2020, de forma açodada e apressada, propondo retirada de direitos que atingem a remuneração dos servidores e servidoras, indo na contramão do governo do estado e dos tribunais e órgãos governamentais, que tem priorizado a manutenção da renda dos servidores.

O SINDJUD-PE desde o primeiro momento respondeu de imediato, com uma nota propondo o diálogo e se colocando contrário as tais propostas de colocar nas costas dos servidores o preço a ser pago no corte do orçamento. Se for para cortar gastos, tínhamos propostas para isso. Que deveria atacar nas despesas de supérfluos e economias nos gastos com manutenção dos prédios e veículos.

Essa semana, no dia 29 de abril, a Portaria 13 foi finalmente revogada. Além de retomar o pagamento do auxílio-alimentação e transporte, acata outros itens sugeridos pelo Sindicato em nosso Requerimento 03/2020. Nesse mesmo dia 29 de abril seria o dia da Grande Assembleia de Recife, que com mais de um mês de antecedência divulgamos o calendário de assembleias, com destaque para a de Recife, pois nessa aprovaríamos o novo estatuto do SINDJUD-PE e a pauta de reivindicações 2020/2021.

As vitórias só vem aos que lutam! Todos os direitos dos trabalhadores vieram das lutas, pressões, mobilizações e greves. Esse é o caminho de uma entidade verdadeiramente combativa. Abertura ao diálogo, sempre! Concessão em direitos dos servidores, jamais!

Diante deste momento, convocamos cada servidor e servidora a se somarem ao nosso Ato Político Cultural do SINDJUD-PE, neste 1º de maio, a partir das 16 horas, onde teremos mini-seminários, roda de diálogos, entrevistas, poesia e música.

Também, iremos homenagear nossos antepassados que lutaram para garantir os direitos existentes, comemorar os 30 anos do SINDJUD-PE, repudiar as constantes falas do ministro Guedes contra os servidores, de continuar lutando para garantir nossa remuneração, permanecer defendendo a nossa saúde no enfrentamento à pandemia do Covid-19, e continuar lutando e festejando o que conquistamos e haveremos de conquistar, com resistência e luta.

1º de maio é o Dia Internacional do Trabalhador(a).  Venha participar do Ato Político e Cultural promovido pelo SINDJUD-PE.

Viva o Dia do Trabalhador!

Viva os 30 anos de história do SINDJUD-PE!

Nenhum direito a menos!

Pela segurança e saúde dos trabalhadores!

Pela revogação dos itens da Portaria 13/2020 que afetam a remuneração!

 

SINDJUD-PE

Gestão Fortalecer e Avançar!