Ainda em janeiro, o SINDJUD-PE já realizou duas assembleias gerais, ambas tendo como pauta principal a discussão sobre a mesa de negociação de 2019. Na primeira, dia 17, os servidores participaram em peso e cobrou resposta imediata do TJPE. Surtiu efeito! Na assembleia de ontem, 29 de janeiro, a categoria aprovou o documento que formalizou os avanços da negociação de 2019 e já encaminhou sobre a deflagração da campanha salarial 2020/2021. A diretoria apresentou proposta que foi aprovada pelos servidores.

Encaminhamentos da assembleia:

  1. Aprovação da formalização dos avanços da mesa de negociação de 2019;
  2. Início da campanha salarial 2020/2021 com assembleias descentralizadas para colher sugestões de reivindicações até o início de abril, começando por Goiana, com data a definir para a segunda semana de fevereiro. Prazo para o TJPE até o dia 31 de maio na proposta de acordo 2020/2021, caso contrário, a categoria poderá aprovar paralisação ou greve por tempo indeterminado. Assembleia para, no máximo, uma semana depois desse prazo.

A luta continua! O SINDJUD-PE acredita na força da categoria, que unida e mobilizada pode ser valorizada. Em breve, apresentaremos a proposta base da pauta de reivindicações de 2020, que será apreciada e incorporada de sugestões nas assembleias descentralizadas.

SINDJUD-PE
Gestão Fortalecer e Avançar!