Nesta quinta-feira (14 de fevereiro) foi realizada a primeira reunião da gestão 2019/2020 “Fortalecer e Avançar” com a Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do Tribunal de Justiça de Pernambuco. No encontro foram pautados os itens do acordo da campanha salarial de 2018 que estão pendentes, além de discutir de forma mais detalhada a resolução da remoção dos Servidores.
Segundo Alcides Campelo, presidente do SINDJUD PE, a reunião foi importante, pois possibilitou boas perspectivas tanto de atendimento de pleitos antigos, como novos. “Falamos na reunião que estamos dispostos ao diálogo. Muitos atritos são gerados desnecessariamente, pois não somos convidados a participar e opinar em pautas importantes com rebatimento na vida e no trabalho dos servidores. A nossa luta é por melhores salários, mas também pela saúde, segurança e condições de trabalho. Dentre os nossos pleitos, a atual prioridade é para o edital de remoção, assegurando uma reivindicação antiga da categoria”.

Para o secretário geral, Giuseppe Mascena, essa movimentação mostra o perfil da atual gestão do sindicato para a gestão do Tribunal, que é de estar atenta e forte aos pleitos da categoria. “Isso sem perder a abertura ao diálogo. Nosso objetivo é garantir o que for melhor para os Servidores”. Ao que completa a vice-presidenta Mariana Figueiroa, “a reunião ainda não foi conclusiva, pois temos muitas pautas. Mas acreditamos que elas serão atendidas. O convite para a reunião estratégica no estudo das vagas prioritárias já soa como um sinal de compromisso firmado, que daqui em diante o sindicato tenha maior influência em encaminhamentos de extrema importância para a categoria”, finalizou.

Ao final do encontro, o SINDJUD-PE foi convidado a participar de reunião estratégica sobre o estudo de prioridades de vagas para remoção com a SGP e Coordenação Estratégica de Planejamento (COPLAN) prevista para esta sexta-feira (15 de fevereiro).