O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) tem sido atuante em combater a criação excessiva de cargos comissionados nas prefeituras de todo o Estado. Agora o órgão, contraditoriamente, quer implementar vários cargos comissionados. O MPPE pretende criar até 300 cargos comissionados para a função de assessores de promotoria. Compreendemos que tal decisão não condiz com a trajetória do órgão, eleito recentemente como um dos mais transparentes do país. Nesse sentido, o Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (SINDSEMPPE) elaborou a campanha “Casa de ferreiro, espeto de pau!” denunciando a situação.

Nesse sentido, o SINDJUD-PE solidariza-se com o SINDSEMPPE pela necessidade da realização de concurso público e contra a política de criação de cargos comissionados indistintamente.

 

Todo apoio à Campanha “Casa de Ferreiro, Espeto de Pau!”

Por concursos públicos e contra os cargos comissionados!

 SINDJUD-PE