Servidores do Tribunal de Contas, do Poder Judiciário, do Ministério Público e do Poder Legislativo de Pernambuco tiveram na quarta-feira (15) uma reunião da Articulação Sindical para discutir pautas da previdência.

Atento à escolha dos novos representantes na Eleição 2018, eles acertaram que vão fazer entrevistas com os candidatos a Governador e ao Senado para questioná-los sobre a opinião deles e as propostas em relação à dívida pública e às reformas da previdência e tributária. O material será divulgado para os servidores das categoria na forma de um jornal impresso.

A Articulação Sindical é formada pelo Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (SINDICONTAS PE), Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Pernambuco (SINDSEMP PE), Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Pernambuco (SINDJUD PE) e Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo do Estado de Pernambuco (SINDILEGIS PE).

O grupo vem promovendo uma série de ações conjuntas, a exemplo de conversas com deputados federais por Pernambuco sobre o texto da reforma da previdência proposto pelo presidente da república no ano passado para mostrar que não há déficit.