I Curso de Formação Sindical, realizado pelo SINJUD PE, movimentou servidores e estimulou empoderamento político da categoria


Foi realizado no último final de semana o I Curso de Formação Sindical, promovido pelo SINDJUD- PE. O evento ocorreu nos dias 13 e 14 de abril nas dependências do prédio histórico do Convento da Conceição, no Alto da Sé em Olinda e contou com a presença de palestrantes locais e de outros estados do nordeste.

Na mesa de abertura, marcaram presença o Professor da UFPE Marco Mondaini, a representante do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, Jackeline Natal e o Presidente do SINTRAJUF-PE, Euler Pimentel.

Mondaini iniciou sua fala fazendo um apanhado histórico sobre alguns dos vários movimentos sociais que surgiram na contemporaneidade, passando pelo fascismo, capitalismo e sobre a luta de classes.

Jackeline levou dados e estatísticas ao conhecimento do público presente, disponibilizados pelo DIEESE, desde mudanças no processo econômico vigente passando por dados inflacionários e até mesmo por questões mais específicas, a exemplo das oscilações das taxas de juros, SELIC e IPCA. A forma como isso impacta diretamente na vida dos servidores públicos e nas próprias atividades sindicais também recebeu atenção.

Por fim, Euler Pimentel focou no que, segundo ele, delimita o atual cenário político nacional: a trajetória e as contradições do Brasil pós-governo do PT, desde a origem do partido até os recentes ataques aos trabalhadores e a própria democracia.

O Diretor de Formação Político Sindical do SERJAL e servidor do Tribunal de Justiça de Alagoas, Gleysson Francisco, concedeu depoimento para a assessoria do SINDJUD PE: “Espero que esse tipo de iniciativa possa nos enriquecer em conteúdo, em que pese a maior parte dos sindicalizados, conhecer a histórias do sindicato, um curso como esse nos fazer conhecer e compreender o funcionamento dos sindicatos e como a atuação dos nossos representantes do passado nos ajuda a olhar pra frente”.


Já no período da tarde da sexta e posteriormente no sábado, quem marcou presença foi o Presidente do SINDISALEM e principal ministrante do curso, Luiz Noleto. Com o tópico “A História do movimento sindical.” O maranhense fez um rápido apanhado sobre sua trajetória política, abrindo espaço para apresentação do público presente e fazendo indagações sobre a concepção que o mesmo carrega acerca de termos inerentes ao exercício sindical: democracia, sindicalismo, desigualdades sociais, capitalismo e processos produtivos. Assim Noleto deu continuidade ao curso inserindo conceitos e noções básicas sobre procedimentos nas linhas de produção de fábricas e as mobilizações em sindicatos, sempre sob o viés da luta de classes e na força dos trabalhadores reunidos. Dando continuidade ao curso, no sábado ele levou aos participantes algumas das experiências históricas dos movimentos sindicais em países como Alemanha, França, Itália e Inglaterra, fazendo um contraponto com o que havia no Brasil no mesmo período histórico.

Em entrevista concedida a Assessoria de Comunicação do SINDJUD PE, ele reforçou: “Em primeiro lugar, está de parabéns a direção do SINDJUD por ter promovido esse curso sobre a origem dos sindicatos. Nesse curso resgatamos toda história do movimento sindical desde a era Vargas até o momento atual.” Ele ainda completa: “Espero que o sindicato promova outros cursos assim para permitir que a gente venha a entender a conjuntura e a realidade atual, porque conhecer o nosso passado não podemos compreender o presente nem projetar um futuro diferente”. Uma aula de empoderamento e consciência política para qualquer cidadão ciente da importância da reivindicação e do sendo crítico para toda sociedade civil organizada.

A Presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo, Adda Lobato, também marcou presença no evento e também deixou seu testemunho: “Agregar conhecimento é sempre bom, o nível das palestras está maravilhoso. Agradeço ao SINDJUD pelo convite.”


Para finalizar, Conceição Cintra, Coordenadora do curso e integrante da Base do Sindicato: “Apesar da participação pequena dos servidores da base, o momento contou com a presença expressiva de convidados, tanto do estado como de outros como: Paraíba, Alagoas e Espírito Santo isso foi de suma relevância pela troca de experiências.”