Ainda em Recife, o presidente do SINDJUD PE, Michel Domingos, e alguns Servidores do TJPE participou, na última segunda-feira (19) do Ato Político com as Centrais Sindicais, Movimentos Sociais e Sindicatos parceiros Contra a Reforma da Previdência.

O tema foi protagonizado durante todo o ano de 2017 adentrando neste ano de 2018 e foi originador de vários debates e atos em protesto. No entanto, na mesma segunda-feira (19), o governo decidiu suspender a tramitação da reforma da Previdência. De acordo com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, o governo ouviu informalmente alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e chegou a conclusão de que não havia condições de contornar o impedimento legal de que propostas de emenda à Constituição (PECs) sejam votadas durante a vigência de uma intervenção federal, como a que está vigorando na área de segurança no Rio de Janeiro. Diante disso, o governo já trabalha em uma agenda alternativa à reforma da Previdência. No pacote estão um bloco de medidas para a economia, como a revisão de desonerações, a privatização da Eletrobras e um bloco para segurança pública.

O SINDJUD PE continuará atento às manobras do Governo Federal e na luta pelos direitos do trabalhador!