O SINDJUD PE realizou uma Assembleia Extraordinária com os Servidores, no dia de hoje (16/05), na escadaria do Fórum Rodolfo Aureliano, tendo em vista o fato de que, até o momento, a presidência não se pronunciou formalmente sobre a reposição salarial das perdas históricas da categoria como também sobre outros pleitos já formalizados.

Pauta:

Deliberar sobre o início da mobilização da campanha salarial de 2017 da categoria e construir o calendário de lutas.

Informes:

– O presidente, ao visitar a comarca de Paudalho, verbalizou que está empenhado em atender as reivindicações da categoria.
No entanto, até agora não temos nada oficial/formal e a informação que tivemos foi que o mesmo encontra-se fora do país.

– Aporcentagem da contribuição sindical, este mês, foi de 1% devido ao escalonamento da mesma ter sido acordado na época do movimento da progressão para que voltasse, aos poucos, ao percentual que consta em nosso estatuto.

No entanto, em assembleia, a categoria aprovou o congelamento da mesma em 0,75% até abril de 2018. Já estamos em contato com a SGP para que a porcentagem retorne aos 0,75% e a diferença será ressarcida ao servidor o mais rápido possível.

– Sobre a falta de segurança no FRA, nos reunimos ontem com o Diretor do Fórum, Dr. Mozart Valadares. O mesmo nos informou já ter oficiado ao presidente do TJPE solicitando melhorias na iluminação do estacionamento e também ao Secretário de Defesa Social do Estado solicitando reforço policial nos arredores do fórum. O Secretário de Defesa Social do Estado se pronunciou, via ofício, que estará empregando um PM no estacionamento dos servidores, bem como será reforçado o policiamento nos arredores e no horário de saída dos funcionários.

– A enquete da nossa campanha de outdoor´s já encontra-se disponível. Clique aqui e participe com sua votação!

As seguintes propostas foram aprovadas:

– Iniciar na próxima quinta (18/05) as paralisações sendo duas vezes por semana (terças e quintas-feiras), das 9 às 12h e das 14 às 17h. Nos casos específicos de Unidades/Varas/Comarcas que funcionem das 09h às 18h, as mesmas deverão acompanhar os mesmos horários das outras Unidades/Varas/Comarcas que possuem Seção A e B. Por haver duas equipes, uma no turno da manhã (09h às 15h) e outra no turno da tarde (12h às 18h), irão paralisar 3h em cada turno.

– Os servidores devem assinar o ponto logo na chegada ao local de trabalho e mobilizar os colegas para se reunirem na entrada de cada fórum, às 10h (turma da manhã) e às 15h (turma da tarde), para registrarem o movimento por meio de fotos dando publicidade ao ato e compartilhando em nosso grupo oficial (Telegram) do sindicato ou nos enviando por e-mail para que sejam publicadas no site.

– Os servidores devem ir ao seu local de trabalho usando a camisa da campanha salarial nos dias de paralisação.

– Não haverá atendimento ao público nos horários da paralisação e a produtividade deverá ser pausada. As audiências, por enquanto, serão mantidas. Os casos de urgência também deverão ser mantidos como de praxe.

– Na terça-feira (30/05) será realizada uma nova assembleia para avaliação e a para deliberar novas diretrizes do movimento.

Baixe AQUI o comunicado para impressão.