A assembleia, contou com a participação do SINDJUD-PE, da ASPJ-PE e do SINDOJUS-PE, tendo como foco principal as reivindicações salariais dos servidores do judiciário estadual, ocasião em que foram aprovadas as propostas abaixo para intensificar a campanha salarial 2017:

1- Em apoio ao movimento contra as reformas da previdência, trabalhista e o projeto de lei da terceirização, os servidores do TJPE ratificaram a adesão à paralisação nacional do próximo dia 28/04.

2- Confeccionar braçadeiras pretas com o nome do SINDJUD PE e bótons como forma de protesto expondo a insatisfação da categoria;

3- Veiculação de outdoors (o conteúdo será definido na próxima assembleia por uma comissão) dando publicidade às vantagens de um pequeno grupo no poder judiciário.

4- Solicitar, via ofício, liberação de acesso ao site do Sindjud-PE nas redes de todas as unidades judiciárias;

5- Criação de uma comissão de mobilização para atuar nos fóruns conscientizando os servidores e convocando-os para se concentrarem em frente aos fóruns no dia 28/04;

6- Fomentar a formação sindical para os servidores;

7- Apoiar os servidores que estão com problemas na aprovação dos cursos para a progressão, mediante provocação dos mesmos para que possamos ter ciência detalhada dos fatos.